Buscar
  • Maike Cabral dos Santos

Empresários precisam se adaptar ao COVD-19

Prezados empresários,


Estamos passando por mais um momento de turbulência. A chegada do COVID-19, está afetando muito a vida dos empresários e da população como um todo.


Reaprendendo a viver em sociedade, e, a manter nossos negócios. Toda crise acaba gerando desemprego e dificuldades financeiras para uma parcela da população, inclusive já existem na internet algumas estimativas percentuais de negócios que vão fechar. Porém é possível se adaptar e crescer mesmo em momentos difíceis.


Então, vamos nos adaptar, tanto como empresários, como consumidores. Antes de tomar qualquer medida pense no próximo, e nas conseqüências de suas ações. Os negócios pequenos serão os mais atingidos, então, dê preferência a comprar produtos de negócios que atuam próximo de sua casa.


É necessário evitar o máximo contato, isso será já pode ser considerado um diferencial, então os comerciantes precisam investir em tele entregas de seus produtos, e, de embalagens que propiciem a lavação com água e sabão ou álcool. Não comprem mais que o necessário, isso acaba gerando vários problemas adicionais à economia, bem como, poderá lhe trazer problemas senão conseguir vender.


Os prestadores de serviços deverão passar a atuar com luvas e máscaras descartáveis, sempre, deste momento para frente, divulguem isso para seus clientes, e sigam as recomendações sanitárias para evitar a transmissão de doenças para si ou para o próximo. Seus serviços são essenciais, e precisam ser feitos. Respeite o próximo isso será valorizado!


Alguns serviços podem ser realizados remotamente, então a quantidade de trabalhos da modalidade “Home Office” vai crescer muito, investir em profissionais qualificados e se qualificar será o caminho.


Reuniões deverão ser realizadas por teleconferência, isso já está muito disseminado e a tecnologia muito evoluída. Algumas legislações precisarão se adaptar a elas, como nos casos das assembléias de condomínio. Assinaturas de contratos poderão ser feitas por meio de certificado digital, e outros meios já existentes e admitidos pela justiça.


Não saia demitindo todos os seus colaboradores, tente adaptar as novas necessidades da sua empresa a sua força de trabalho, assim como, não saia comprando muito de um produto ou de outro, visando muito lucro, os órgãos fiscalizadores estão atentos ao mercado, compre o necessário e mantenha um preço justo de seus produtos e serviços.


O governo já divulgou a prorrogação de alguns tributos, e, acreditamos que deva fazer novas concessões a fim de manter a economia e os pequenos negócios que sempre mantiveram as nossas necessidades básicas. Em breve deverão ser liberadas linhas de crédito e outras medidas de proteção aos pequenos negócios.


Esteja sempre atento com as noticias que estão circulando, dê preferência às noticias oficiais para tomada de decisões. A velocidade com que as medidas estão sendo tomadas está muito grande, não deixe de estar sempre acompanhando, a fim de adaptar seu negócio.


Vamos seguir nossas vidas, adaptando nosso negócio à prevenção da transmissão desta, e de novas pandemias que poderão surgir, agindo com cautela e buscando o sucesso pessoal e coletivo.


Assim como já passamos por várias dificuldades, vamos conseguir passar por mais esta. Em breve a economia vai começar a se recuperar!


22 de março de 2020.


Maike Cabral dos Santos

Contador

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo